Dilma defende Guido Mantega após revista pedir sua demissão

Dilma defende Guido Mantega após revista pedir sua demissão

"Nunca vi nenhum jornal propôr queda de um ministro", afirmou Dilma

A presidente Dilma Rousseff saiu em defesa do ministro da Fazenda, Guido Mantega, nesta sexta-feira (7), ao afirmar que "de maneira nenhuma" consideraria a sugestão de demiti-lo.

"Nunca vi nenhum jornal propôr queda de um ministro", afirmou Dilma, referindo-se a artigo publicado pela revista britânica "The Economist" que sugere a demissão de Mantega.

A presidente afirmou ainda que a inflação está sob controle e que a economia do país irá melhorar. ?Nós estamos crescendo a 0,6% neste semestre. Iremos crescer mais no próximo trimestre. Então, a resposta é que, de maneira alguma, eu levarei em consideração esta, digamos, sugestão. Não vou levar?.

Dilma também buscou mostrar que a economia brasileira está mais sólida do que a de outros países, argumentando que nenhum banco do porte do norte-americano Lehman Brothers quebrou no país.

Guido Mantega, evitou comentar o artigo. Já o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, rebateu as críticas da revista. Para ele, o Brasil está na direção correta de ?forte crescimento, que pode ser comprovado pelos indicadores de investimento no país?.

A revista britânica "The Economist" sugeriu a demissão do ministro Mantega, devido ao fraco desempenho do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

No 3º trimestre, a economia do país teve crescimento de 0,6% na comparação com o 2º semestre, enquanto a expectativa era de 1%.

Fonte: UOL