Dilma Rousseff afirma esperar inflação perto de zero no mês de julho, e dentro da meta em 2013

Dilma Rousseff afirma esperar inflação perto de zero no mês de julho, e dentro da meta em 2013

Segundo a presidente, a inflação neste ano ficará dentro da meta oficial, de 4,5%

A inflação no Brasil vem caindo de forma consistente nos últimos meses e deve ficar próximo de zero em julho, disse a presidente Dilma Rousseff , nesta quarta-feira (17), em discurso na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

Segundo a presidente, a inflação neste ano ficará dentro da meta oficial, de 4,5% pelo IPCA, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

"É incorreto falar em descontrole da inflação ou das despesas do governo", afirmou. "Temos certeza que vamos fechar o ano com a inflação dentro da meta."

A presidente declarou que o pacto fiscal proposto por ela limita qualquer tentação de populismo fiscal e que o governo só pode gastar aquilo que não comprometa o equilíbrio fiscal e o controle da inflação.

Inflação desacelera em junho, mas atinge maior nível desde 2011

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve alta de 0,26% em junho, ante alta de 0,37% em maio. A alta registrada no mês passado é a menor desde junho de 2012, quando o indicador avançou 0,08%.

Porém, no acumulado em 12 meses, o indicador acumula elevação de 6,70%, a maior taxa desde outubro de 2011 (6,97%), e acima do teto de 6,5% da meta do governo.

No acumulado do 1º semestre, a inflação atingiu 3,15%, ante 2,32% no mesmo período do ano passado.

Fonte: UOL