Dólar cai quase 1%, a R$ 2,415, após BC anunciar novas intervenções;leia

Na sessão anterior, a moeda norte-americana chegou a R$ 2,437, no maior valor desde agosto de 2013.

A queda do dólar nesta terça foi influenciada, principalmente, pelo anúncio do Banco Central sobre novas intervenções.

Após o fechamento do mercado na véspera, o BC disse que começará, na próxima quinta-feira (6), o processo de rolagem de contratos de swap cambial tradicional (correspondente à venda futura de dólares) que vencem em 5 de março, equivalentes a US$ 7,378 bilhões.

As características da oferta serão definidas nesta quarta-feira (5). O BC tem rolado integralmente os contratos que venceram nos últimos meses e, de acordo com a agência de notícias Reuters, analistas afirmam que essa rodada não deve ser exceção.

Apesar da queda de hoje, economistas dizem que o movimento é de alta e que, até o final do ano, a cotação do dólar pode passar de R$ 2,50.

Há algumas semanas, o mercado enfrenta um constante mau humor com mercados emergentes.

Além disso, há persistentes preocupações com a situação fiscal brasileira e com as suas contas externas. Na véspera, dados mostraram que as importações brasileiras superaram as exportações em US$ 4,057 bilhões em janeiro. O resultado da chamada balança comercial é o pior já registrado em um mês desde o começo da série histórica, em 1994.

Atuações diárias do BC no mercado de dólar


Dólar cai quase 1%, a R$ 2,415, após BC anunciar novas intervenções Comente

O Banco Central manteve seu programa de intervenções diárias no câmbio, com as novas regras anunciadas em dezembro.

Agora, em vez de 10 mil contratos de swap cambial tradicional, são ofertados 4.000 contratos diariamente.

Nesta terça, o BC vendeu 730 contratos com vencimento em 1º de agosto e 3.270 com vencimento em 1º de dezembro. A operação movimentou US$ 197 milhões.

Fonte: UOL