Dólar tem o maior ganho em 15 meses

A cotação do dólar comercial encerrou esta sexta-feira com alta de 1,02%, a R$ 1,885 na venda, encerrando o mês com valorização de 8,15%

A cotação do dólar comercial encerrou esta sexta-feira com alta de 1,02%, a R$ 1,885 na venda, encerrando o mês com valorização de 8,15%, a maior alta mensal desde outubro de 2008, quando terminou com 13,3%. Foi o nono dia consecutivo de avanços.

Na contramão, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em baixa de 0,28%, aos 65.401,77 pontos, depois de operar em alta durante quase todo o pregão. Com isso, o Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) fechou o mês com perdas de 4,65%, o pior resultado mensal desde outubro de 2008, num dos momentos mais graves da crise econômica mundial, quando a queda no mês foi de 24,8%.

Entre as principais notícias do dia, o PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos caiu 2,4% em 2009, a primeira queda anual desde 1991 e o maior recuo já registrado desde 1946. Já no quarto trimestre, a economia norte-americana cresceu mais que o esperado por analistas, a uma taxa anualizada de 5,7%, a maior desde o terceiro trimestre de 2003.

No Brasil, a inadimplência das empresas cresceu 18,8% no ano passado, o maior percentual desde 2001, motivado pela crise financeira mundial, que reduziu drasticamente o volume de crédito disponível no país.

A confiança da indústria brasileira aumentou em janeiro pelo decimo mês consecutivo. A alta foi de 0,2%, o maior patamar desde julho de 2008.

Com o aumento de 4,8% nas exportações de petróleo, a Petrobras reverteu o resultado negativo de 2008 e encerrou 2009 com superávit comercial de US$ 2,9 bilhões.

Fonte: UOL