Drogarias Globo crescem acima da média do mercado nacional

O dado é confirmado através da presença de empresas do ramo.

O Piauí é referência no setor de redes de drogarias em todo Brasil. Contanto com uma das maiores distribuidoras de medicamento do país, a região confirma a forte expansão do setor nas principais drogarias e farmácias. A característica é confirmada segundo a Pesquisa Mensal de Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de maio 2015, o segmento de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria, apresentou influência acima da média na taxa global do varejo, com taxa 1,8% na relação maio/ 2014. O desempenho positivo da atividade pode ser atribuído ao caráter de uso essencial dos produtos, como remédios.

O dado é confirmado através da presença de empresas do ramo de medicamentos no Piauí.  As drogarias Globo, Pague Menos e Extrafarma são algumas das principais no setor de artigos farmacêuticos, higiene e beleza. A Globo, presidida por Jorge Batista da Silva Filho, registra uma das maiores expansões no estado. Presente no Piauí, Maranhão e Rio Grande do Norte, a drogaria é feita por piauienses. Desde 2010 o grupo Jorge Batista comanda o que hoje representa 25 instalações e inaugurou recentemente uma nova na cidade de Parnaíba.

Segundo Luiz Júnior, coordenador farmacêutico nordeste da drogaria Globo, o empreendimento teve crescimento médio de 21% a 22% (em relação ao mesmo período do ano passado), sendo assim acima da média do mercado nacional (16%). Já para 2015, a expectativa é de aumento geral de 33% a 34%.

Além disso, o coordenador destaca que o Piauí é o segundo maior arrecadador do Imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias (ICMS) e o grupo Jorge Batista é a quarta maior distribuidora de medicamentos no país, gerando assima mais de mais 800 empregos espalhados nos setores de marketing, tecnologia da informação, compras, gestão financeira, contabilidade, fiscal, gerência, assuntos regulatórios, dentre outros.

"O crescimento se dá por conta do nosso foco na gestão de pessoas, qualidade de vida do cliente e resultado. Procuramos olhar o colaborador de forma diferenciada e qualificá-lo para atender os clientes, como também com os medicamentos e números", afirma Luiz Júnior.

O coordenador também explica que os funcionários passam por curso de formação com duração mínima de 70 hs e os profissionais por programas de treinamento. Dessa forma, a boa gestão de pessoas e transparência nos negócios afastam as drogarias da crise financeira. “A crise não atingiu todo o mercado. Alguns setores, desde que estejam preparados, conseguem planejar e ter resultados positivos. Consequentemente damos uma qualidade de vida para o cliente”, diz o coordenador.

Image title


EXPECTATIVA DE MAIS 2 MIL EMPREGOS NO SETOR DE DROGARIAS

As Farmácias Pague Menos, presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, conta com mais de 700 postos de venda. A empresa, que é um dos maiores do varejo farmacêutico da América Latina, atende ao projeto de expansão com objetivo de chegar 1 mil lojas até 2017. Até o final 2015, o grupo pretende contratar mais de 2 mil funcionários e planeja inaugurar 90 novas lojas. Além disso, vai investir cerca de 400 mil horas em treinamentos.

Outra rede presente no Piauí e em mais quatro estados do nordeste, a Farmácia Extrafarma, conta com mais de 220 farmácias em todo país e fatura cerca de 800 milhões de reais anualmente. Em 2014, a meta de investimento para o ano seguinte (2015) era de R$112 milhões e com abertura entre 80 e 100 novas lojas.

Fonte: Daniely Viana e Djalma Batista