Dupla traz para o Brasil máquinas que vendem comidas saudáveis; conheça

Após realizarem uma pesquisa de mercado, o administrador Eduardo Correa e o especialista em marketing Fernando Damas decidiram abrir negócio

Já imaginou chegar em uma daquelas máquinas que vendem alimentos e encontrar barras de cereais no lugar de chocolates, sanduíches naturais em vez de pacotes de salgadinho e saladas substituindo as latinhas de refrigerante? Pois isso já é possível em várias partes do mundo, e a novidade está chegando ao Brasil. A iniciativa é fruto da parceria entre o administrador Eduardo Correa e o especialista em marketing Fernando Damas, que uniram forças para criar a FastGood Machine, empresa que comercializará alimentos naturais por meio de vending machines.


Dupla traz ao Brasil m痃uinas que vendem comida saud疱el

?A ideia surgiu após o Eduardo contratar uma consultoria para avaliar quais seriam os ramos com maior potencial de crescimento no Brasil nos próximos 20 anos. Os dois itens melhor avaliados foram vending machines e alimentação natural. Assim, decidimos unir as duas coisas em um único negócio?, explica Damas.

A empresa vai trabalhar com duas linhas de máquinas. Uma delas, a Fit, é voltada para academias e reúne itens que atendem as necessidades específicas deste público. Já a Bem Estar é pensada para o público em geral, e terá produtos para qualquer um que busque algo mais natural e saudável para comer.

Entre os itens oferecidos, destacam-se snacks integrais, barras de cereais, seis tipos de salada e nove de sanduíche ? todos eles acompanhados de informações nutricionais completas.

Inicialmente, as máquinas ficarão espalhadas em dez pontos da cidade de São Paulo, mas não em lugares públicos. Os equipamentos estarão disponíveis em academias, um escritório de advocacia, uma clínica médica e até uma mineradora. A primeira máquina entrará em funcionamento em 12 de fevereiro.

?Existe uma mudança lenta de cultura em relação à alimentação tradicional. Estas empresas estão apostando na possibilidade de oferecer algo saudável para os funcionários, que se queixavam da falta de opções?, diz Correa.

Além de oferecer alimentação saudável, as máquinas da FastGood Machine contam com modernos recursos tecnológicos. Uma delas, que deve entrar em funcionamento em cerca de 90 dias, fica conectada à internet e informa os empresários de cada venda realizada, facilitando na hora de repor o estoque.

?Elas também têm uma trava de segurança que impede a venda de produtos perecíveis caso falte energia por mais de 45 minutos. Além disso, ela só funciona com cartões de débito, crédito ou benefícios, e estorna o valor pago caso a máquina dê algum problema e não libere o produto?, finaliza Correa.

Fonte: Terra