Eike Batista diz não estar preocupado com a investigação da Polícia Federal

"É excelente que tudo fique esclarecido”, disse o empresário

O empresário Eike Batista disse na sexta-feira que não está preocupado com a investigação da Polícia Federal sobre os possíveis crimes financeiros cometidos por ele quando estava à frente da petroleira OGX, de acordo com informações do The Wall Street Journal. ?É excelente que tudo fique esclarecido?, disse Eike em uma entrevista por telefone. ?Estou muito calmo. Deixe-os investigar.?

A Polícia Federal abriu um inquérito na quinta-feira para apurar se o empresário fez uso de informação privilegiada, manipulação de mercado e lavagem de dinheiro enquanto esteve à frente da petroleira. ?Todas as vendas foram declaradas. Tudo sobre minhas empresas de capital aberto sempre foi divulgado ao mercado?, disse Eike.

A investigação sobre a suposta prática de crimes financeiros foi solicitada pelo Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro. O pedido foi embasado nas conclusões do relatório de acusação elaborado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A CVM desconfia que Eike Batista usou informações privilegiadas para vender ações de sua empresa de petróleo ao saber que a companhia não entregaria a produção esperada. Assim, o empresário teria manipulado o mercado.

Com dívidas de R$ 11,2 bilhões, a OGX fez um pedido de recuperação judicial no ano passado. A companhia foi renomeada para Oléo e Gás Participações (OGP) após a Justiça ter aprovado o pedido de recuperação.

Fonte: Terra