Eike vai se desfazer de hotel por R$ 225 mi e de navio por preço de sucata

Eike vai se desfazer de hotel por R$ 225 mi e de navio por preço de sucata

O Pink Fleet foi lançado no final de 2007

O empresário Eike Batista deve vender o hotel Glória, o qual comprou em 2008, para um grupo suíço. De acordo com a edição desta terça-feira do jornal Folha de S.Paulo, o valor da transação será de R$ 225 milhões.

Atualmente, o hotel passa por uma reforma financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A reinauguração deve ocorrer somente no segundo semestre do ano que vem.



Em 2008, o Grupo EBX adquiriu o tradicional hotel construído em 1922. O local, que deverá ter 346 quartos, enfrentou problemas em 2011 , quando o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) obrigou que o grupo deixasse as paredes originais do hotel, tombado como patrimônio histórico, que não puderam ser derrubadas para serem reconstruídas, como queria o empresário.

Navio de Eike Batista será vendido como sucata



O navio Pink Fleet, de propriedade do empresário Eike Batista e que fazia passeios pela costa do Rio de Janeiro deve ser desmontado e vendido como sucata. Segundo o SBT, a embarcação não tem candidatos a comprador e tem custo mensal de R$ 300 mil.

O iate, que mede 54 metros de comprimento e tem capacidade para 400 passageiros, foi levado a um estaleiro em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, onde será desmanchado e vendido como sucata, disse a reportagem do SBT.

O Pink Fleet foi apresentado por Eike Batista em dezembro de 2007 com as presenças do apresentador Luciano Huck, o prefeito do Rio Eduardo Paes e o governador Sérgio Cabral. Quando do lançamento, Eike já havia dito que a embarcação operaria durante 6 meses em fase de testes e que só seguiria com o negócio se a aceitação do público fosse boa.

Fonte: Terra