Em meio a proibições, TIM vê lucro cair 0,9% no segundo trimestre

Em meio a proibições, TIM vê lucro cair 0,9% no segundo trimestre

A TIM teve a venda de chips de celular suspensas pela Agência Nacional de Telecomunicações.

O lucro líquido da TIM caiu 0,9% no segundo trimestre deste ano em compração com o mesmo período do ano passado, para R$ 346,8 milhões. "O cenário macroeconômico do primeiro semestre de 2012 e o corte na VUM (valor de uso de rede móvel) afetaram nosso desempenho no segundo trimestre", disse a empresa no relatório.

A receita líquida total da empresa subiu 7% na comparação anual, para R$ 4,55 bilhões.

Neste trimestre, a TIM disse que se mentava na liderança no segmento pré pago, com market share de 28,1%. Quanto à base total de clientes, o crescimento foi de 24% na comparação anual, para 68,87 milhões de clientes.

A TIM, que teve a venda de chips de celular suspensas pela Agência Nacional de Telecomunicações no dia 18 de julho, diz que ainda não pode calcular o impacto da medida nas contas da empresa. "No momento, não é possível mensurar com confiabilidade os impactos que este evento pode trazer à Companhia. A TIM Celular vem realizando investimentos relevantes visando à melhoria de seus serviços e envida diuturnamente os melhores esforços para cumprir as determinações da agência reguladora. A TIM Celular aguarda, para breve, que a Anatel revogue sua medida cautelar", diz o relatório.

A ARPU (receita média por usuário) alcançou R$ 18,3, uma redução de 15,3%, principalmente devido ao corte de VU-M, ao ambiente macroeconômico e à comoditização de chamadas longa distância. O MOU (minutos de uso) alcançou 127 minutos no segundo trimestre, estável quando comparado ao mesmo período de 2011, apesar do forte crescimento da base de assinantes de 24%.

Fonte: G1