Empréstimo consignado cresce mais de 2.800% em 9 anos no Piauí

Empréstimo consignado cresce mais de 2.800% em 9 anos no Piauí

Em 2004 o número de empréstimos registrados no INSS era de pouco mais de sete mil. Em 2013 esse número já ultrapassava os 207 mil

O número de empréstimos consignados cresceu consideravelmente nos últimos anos, em todo o Piauí. Nos últimos nove anos a quantidade de pessoas buscando esse tipo de crédito mais que triplicou no Estado.

Só em 2013 foram 207.484 pessoas, que contrataram uma quantia de R$ 528,932 milhões em crédito. Nos últimos nove anos, houve um crescimento de 2.837%.

Essa é uma das linhas de crédito mais baratas do país. Como o desconto da dívida é feito diretamente na folha de pagamento do devedor, o banco tem a garantia de que receberá sua parte tão logo o dinheiro caia na conta de quem contratou o crédito.

O gerente executivo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Piauí, Carlos Augusto Viana, explica que esse salto aconteceu devido às facilidades que os aposentados e pensionistas têm ao contratar esse tipo de crédito.

"Os juros do empréstimo consignado ficam bem abaixo dos juros do mercado e isso atrai as pessoas. Elas costumam solicitar esse tipo de crédito para uma infinidade de coisas, que vai desde a compra de algum produto, até para reforma de casa", afirmou.

A procura pelo crédito com desconto no salário é crescente em todas as categorias de trabalhadores, apesar de a procura maior, até agora, ter sido por servidores públicos federais, estaduais e municipais.

Apesar do relativo fácil acesso e da linha de crédito barata, há algumas restrições para que se faça esse tipo de empréstimo, com o objetivo de evitar o endividamento excessivo do trabalhador.

Outro cuidado que se deve ter é com as fraudes, que acontecem principalmente quando o aposentado ou pensionista, em vez de fazer seu empréstimo junto ao banco, faz através de empresas, que dizem ofertar o crédito.

"Nós temos muitas empresas que dizem fazer isso, mas sabemos que a maioria não é séria. Por isso, se tem alguém interessado em fazer empréstimo consignado, nosso conselho é que procure um banco. Lá não tem como ter fraude", disse Carlos Augusto.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no facebook

Fonte: Pollyana Carvalho