Entrega do plano de recuperação da OGX é adiada pela terceira vez

Entrega do plano de recuperação da OGX é adiada pela terceira vez

O acerto final com seus principais credores - os detentores de bônus de US$ 3,8 bilhões -, entretanto, ainda pode ser fechado nesta sexta.

A entrega do plano de recuperação judicial da Óleo a Gás Participações (antiga OGX, fundada pelo empresário Eike Batista), que estava prevista para esta sexta-feira, 7, foi adiada pela terceira vez. O acerto final com seus principais credores - os detentores de bônus de US$ 3,8 bilhões -, entretanto, ainda pode ser fechado nesta sexta.

A informação foi confirmada ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, por fonte próxima ao assunto.

A primeira data marcada pela OGX para a apresentação do plano à Justiça era 24 de janeiro, mas a data já sofreu dois adiamentos sucessivos: para 31 de janeiro e, na semana passada, para esta sexta, 7 de fevereiro. A nova data ainda não foi oficializada pela companhia mas isso deve acontecer logo após a divulgação do acerto com os credores.

Até quinta, entretanto, ainda não havia consenso em torno de alguns pontos. A assinatura do acordo é considerada fundamental para o sucesso da reestruturação judicial da empresa. A companhia tem até 17 de fevereiro para protocolar o plano de recuperação judicial na 4ª Vara Empresarial do Rio sem descumprir prazos.

Nesta sexta foi publicado o edital definitivo do plano de recuperação judicial, com a atualização das dívidas dos credores. Além de alterações cambiais, houve também a inserção de valores que ainda não haviam sido faturados. Com as mudanças, a dívida total da companhia saltou de R$ 11,2 bilhões a R$ 13,3 bilhões.

Fonte: oestadão