Piauí importou 805% a mais em 2010

Ao todo, 19 indústrias piauienses foram responsáveis por adquirir, principalmente, matérias-primas.

Com um aumento de 805% das importações feitas pelo Piauí em janeiro, o Estado somou um déficit na balança comercial de US$ 9,4 milhões. A diferença en-tre as exportações e importações revela que o Estado comprou mais do que vendeu do exterior. Mesmo tendo exportado uma porcentagem 3,08% superior do que o mês anterior, o Estado elevou o valor das compras internacionais para US$ 15,3 milhões.

Ao todo, 19 indústrias piauienses foram responsáveis por adquirir, principalmente, matérias-primas. Em 2009 o Piauí teve crescimento de 22% nas exportações no ano passado em relação a 2008. A balança comercial do Estado fechou 2009 com um superávit de US$ 100 milhões. Os cinco países que estabeleceram a maior quantidade de relações comerciais com as empresas locais são a França, China, Espanha, Estados Unidos e Holanda.

De acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, em janeiro deste ano o Piauí ficou em quarto lugar em todo o Nordeste no volume de exportações. As ceras vegetais (US$ 3,6 milhões); pilocarpina (US$ 1,4 milhão); algodão (US$ 372 mil); e mel natural (US$ 140 mil) ainda são os principais produtos da cesta básica de exportações piauienses. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte