Estudantes ganham R$ 200 mil para largar faculdade e abrir sua empresa

Os jovens irão receber R$ 202 mil cada para abrir empresas

Há dois anos, o americano Peter Thiel - primeiro a investir no Facebook - declarou que o ensino superior era uma bolha e decidiu doar US$ 100 mil (R$ 202 mil) para alguns adolescentes largarem a faculdade e abrirem uma empresa. Segundo a publicação Fast Company, o projeto ganhou corpo e, neste ano, o bilionário doou mais R$ 202 mil para cada um dos 22 adolescentes selecionados para o programa. O investimento gerou benefícios - os jovens que receberam o dinheiro em anos anteriores elevaram o patrimonio da fundação criada pelo bilionário em US$ 34 milhões.

Para Peter Thiel, embora a bolha da educação permaneça, mais pessoas estão questionando a sabedoria passada no ensino superior que, segundo ele, credenciam os alunos para vagas com fracas perspectivas. Dentre os beneficiados pela doação, há projetos de moda, educação, tecnologia, mas apenas quatro são mulheres, afirma a publicação.

Fonte: Terra