Exportação: Estado do Piauí agora é líder brasileiro em mel

Exportação: Estado do Piauí agora é líder brasileiro em mel

O segundo lugar foi São Paulo, que finalizou o mês com 479 toneladas e US$ 1,5 milhão.

O Estado chegou ao patamar mais alto, o primeiro lugar, em apenas um mês. Em junho, o Piauí passou a ser o maior exportador de mel do país, com 595 toneladas e US$ 1,9 milhão, de acordo com dados divulgados na terça-feira (19) pelo Serviço de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O segundo lugar foi São Paulo, que finalizou o mês com 479 toneladas e US$ 1,5 milhão, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 237 toneladas e US$ 736,9 mil.



Conforme o diretor-geral da Central das Cooperativas Apícolas do Semiárido (Casa Apis), Antônio Leopoldo, a ascensão do Piauí e o crescimento dos pequenos produtores ocorreram porque ?o mel produzido no estado ganhou reconhecimento lá fora. E não foi só pela qualidade, mas também devido à estabilidade da produção, o que abriu novas portas no mercado?, destaca.

Outro fator, reitera o diretor da Casa Apis, é o investimento em programas de capacitação. Os pequenos produtores de mel no Piauí participam de certificações e projetos desenvolvidos pela Central e pela Cooperativa Mista dos Apicultores da Microrregião de Simplício Mendes (Comapi).

De janeiro a junho deste ano, as exportações brasileiras de mel alcançaram US$ 40 milhões, resultado quase 38% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado (US$ 29,1 milhões). Em volume, foram comercializadas 12,3 mil toneladas este ano, contra 10,1 mil toneladas no mesmo período de 2010.

EXTERIOR - Os Estados Unidos foram o principal destino do mel brasileiro em junho, com um total de US$ 3,5 milhões, respondendo por 60,6% da receita das exportações e pagando o preço de US$ 3,17/kg. A Alemanha ficou em segundo, com receita de US$ 1,6 milhão, o equivalente a 28,41%, pagando US$ 3,26/kg.

O Reino Unido absorveu US$ 247,3 mil dessas vendas, oferecendo US$ 3,00/kg. E o quarto destino das exportações foi o Canadá (US$ 210 mil) pagando o melhor preço, US$ 3,54/Kg. Outros países importadores de mel do Brasil foram Espanha, Bélgica, China, México, Japão, Paraguai, Bolívia e Peru.

Fonte: Thays Teixeira