PI:Exportações registram aumento em produtos químicos-orgânicos

PI:Exportações registram aumento em produtos químicos-orgânicos

Item ainda não sentiu os efeitos da estiagem no Piauí e manteve o aumento na exportação, um crescimento de 179%

Um levantamento preliminar feito pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Tecnológico do Governo do Estado revela um crescimento acentuado das exportações nos dois primeiros meses dos últimos dois anos. Em janeiro, por exemplo, o Piauí arrecadou R$ 8,6 milhões com exportações. Em fevereiro, as exportações chegaram a R$ 6,05 milhões, superior ao mesmo período do ano passado, que foi de R$ 5,8 milhões.

O mel natural, castanha de caju, quartzitos e outros minerais, couros, peles, algodão foram os principais produtos exportados, além de produtos químicos orgânicos, que registrou um aumento de 487%. Mesmo sendo o que mais exportou, o mel natural registrou uma queda de 93%. E este número, lamentavelmente, segundo o secretário Warton Santos, pode ser pior, em razão da seca dos últimos dois anos. A castanha de caju ainda não sentiu os efeitos da seca e registrou um aumento de 179% em suas exportações.

O aumento se deve, segundo o secretário Warton Santos, a vinda para o Piauí de empresas de outros estados e até de outros países, que foram atraídas pelas condições favorecidas pelo governo do Estado, como a lei de incentivos fiscais mais modernas do pais. Além das novas, antigas empresas já estabelecidas ampliaram seus negócios voltados para a exportação, se aproveitando dos incentivos e do fundo de desenvolvimento da indústria.

Fonte: Jornal Meio Norte