Falar outras línguas aumenta salário em 21%

Cargos estudados são de diretor, gerente, coordenador, supervisor e chefe.

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (7) pela Catho Online revela que profissionais que falam inglês e espanhol ganham até 21,78% a mais do que os demais trabalhadores. O estudo considera cargos de liderança, ou seja, diretor, gerente, coordenador, supervisor ou chefe. A variação de 21,78% é percebida no salário de um coordenador, supervisor ou chefe que fala inglês e espanhol na comparação com aquele que não possui esses idiomas - nesse caso, o salário varia de R$ 5.290,03 a R$ 4.343,98, em média, respectivamente. Os dados são da 31ª edição da Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho Online, realizada de 1º a 27 de fevereiro de 2010 com mais de 175 mil pessoas de aproximadamente 21 mil empresas em 3.550 cidades do Brasil. Na pesquisa, o profissional respondeu um formulário eletrônico com questões relacionadas ao seu cargo, remuneração, benefícios, região onde trabalha, faturamento da empresa, sexo, idade, escolaridade e idiomas, entre outros dados. De cordo com a Catho, a pesquisa é atualizada a cada quatro meses e traz dados de mais de 1.800 cargos, de 215 áreas de atuação profissional e de 48 ramos de atividade econômica, além de sete faixas de faturamento para classificação de porte de empresa. Após a publicação da pesquisa, os participantes terão acesso a um relatório individual que situa sua remuneração dentro do universo pesquisado para seu cargo.

Fonte: g1, www.g1.com.br