JMN: Falta de produtos nas prateleiras dos atacados marca pesquisa em Teresina

JMN: Falta de produtos nas prateleiras dos atacados marca pesquisa em Teresina

Três dos quatro atacados pesquisados não tinham água mineral em estoque

A pesquisa de preços realizada semanalmente pelo Jornal Meio Norte constatou nesta semana a falta de produtos básicos nos atacadistas de Teresina. Itens como sal, açúcar, água mineral (copo) e farinha de mandioca estão ausentes em diversas situações.

O sal chegou a faltar em dois dos locais visitados, e a água mineral (copo) não foi encontrada em três dos quatro atacados. Vale lembrar que a soma geral só leva em consideração os itens encontrados em todos os estabelecimentos.

Nesta semana, disputas estão acirradas tanto na parte de cima quanto na de baixo da tabela dos atacados. O Atacadão voltou a aparecer como primeiro colocado no levantamento dos atacadistas.

Mas a diferença para o segundo colocado foi mínima ? apenas R$ 0,62. O segundo lugar é ocupado pelo Maxxi. Ou seja, essa pequena margem configura um empate em termos práticos.

Em terceiro aparece o Makro, e em quarto, como o menos vantajoso, o Carvalho Mercadão. Aqui, a diferença também é pequena: R$ 1,42 do terceiro para o quarto lugar.

O Dia da Criança já passou, mas os atacadistas estão mantendo os brinquedos na frente de loja no aguardo pelos pais ?retardatários?.

Uma cena interessante, aliás, vem se mostrando nos supermercados: estamos na primeira metade de outubro, mas alguns dos estabelecimentos já aumentam os estoques de panetones e até mesmo de pisca-piscas, produtos tipicamente natalinos.

SUPERMERCADOS - Nesta semana a pesquisa nas quatro principais redes de supermercados da capital foi realizada nos dias 13, 14 e 15 de outubro e registrou os preços trabalhados para o total de 55 itens pesquisados.

Nesta semana, marcada pela passagem do Dia das Crianças e pelo feriado do dia 19 de outubro, data em que se comemora o Dia do Piauí, os supermercados apresentaram intenso movimento.

Em primeiro lugar entre os supermercados que apresentam preços mais atrativos para o consumidor ficou o Extra, com total para a cesta de produtos pesquisados no valor de R$ 341,77.

Em segundo lugar, com uma pequena diferença em relação ao primeiro colocado, ficou o supermercado Hiper Bompreço, apresentando a cesta com preço de R$ 342,54. O Comercial Carvalho, nesta semana, registrou o terceiro menor preço entre os supermercados pesquisados com a cesta no valor de R$ 360,03.

Já o Pão de Açúcar, nesta semana, ficou em último lugar com o total mais caro para a cesta de produtos pesquisados ocupando a última colocação com o total de R$ 360,25. A diferença entre o supermercado mais caro para o mais barato ficou de R$ 18,48.













Fonte: Dowglas Lima e Marcilany Rodrigues