Indenização de poupança devido perdas com planos vai até R$10 bi

Indenização de poupança devido perdas com planos vai até R$10 bi

O STF aceitou na semana passada pedido da Procuradoria-Geral da República e adiou o julgamento do caso.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estima que o valor correto do pedido de ação indenizatória para cadernetas de poupança por perdas com planos econômicos, que está sendo apreciada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), é de cerca de R$ 8 bilhões a R$ 10 bilhões, disse nesta quarta-feira o presidente da entidade, Murilo Portugal.

O STF aceitou na semana passada pedido da Procuradoria-Geral da República e adiou o julgamento do caso. O Ministério Público Federal (MPF) terá que apresentar um outro relatório, já que no primeiro afirmava que os bancos tiveram ganhos de R$ 441 bilhões com os planos, valor atingido com base em cálculos incorretos, segundo os bancos.

"Pelas contas que nós fizemos, esses valores de receita bruta seriam de R$ 17 bilhões a R$ 20 bilhões. Quando você chega ao resultado líquido, dá cerca de metade disso?, disse Portugal a jornalistas.

Fonte: Terra