Feira impulsiona ""pequenos"" no Ceará

De acordo com Euvaldo Bringel Olinda, presidente do Instituto Frutal, o evento tem direcionamento

O desafio de impulsionar a exporta??o de frutas produzidas por pequenos produtores do Cear? ? destacado como o objetivo principal da 15? Frutal (Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroind?stria), que acontece at? amanh? no Centro de Conven?es.

De acordo com Euvaldo Bringel Olinda, presidente do Instituto Frutal, o evento tem direcionamento especial para quem vende em pequena escala. ?Algumas fam?lias participam como expositores e podemos destacar as caravanas de produtores que v?m do Interior do Estado e oficinas e semin?rios para esse p?blico?.

Bringel explica que a feira ? um complemento das a?es continuadas que o Instituto Frutal realiza ao longo dos anos. ?As exporta?es s?o conseq??ncia de rela?es consolidadas. ? cedo para prever um volume de neg?cios na exposi??o, mas trabalhamos com a expectativa de gerar algo em torno de R$ 20 milh?es?.

Outra previs?o otimista do setor ? de chegar ao fim de 2008 com US$ 100 milh?es em exporta?es, representando um incremento de 29,8, em rela??o ao ano passado.

Esse crescimento ser? poss?vel devido a expans?o de empresas como a Frutacor, do munic?pio de Limoeiro do Norte. ?Exportamos cerca de mil toneladas de mam?o por ano, tudo para a Europa. J? no fim deste ano, parte da nossa produ??o de bananas tamb?m ser? exportada?, adiantou Aline Teixeira, gerente administrativa e financeira da empresa.

A Frutacor tem 11 anos de mercado, e participa pela primeira vez como expositora na Frutal. ?J? particip?vamos das oficinas, mas este ano queremos dar maior visibilidade ? nossa marca. O setor da fruticultura do Cear? est? todo aqui e 80% da nossa produ??o ainda ? voltada para o mercado interno?, afirmou Aline.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br