Festas de final de ano aquecem vendas no Estado

Festas de final de ano aquecem vendas no Estado

A pesquisa MN desta semana apontou que a competição entre os atacadistas se decide em poucos produtos, com a diferença de preços alguns centavos

Faltam apenas 13 dias para a chegada do Natal e muitas famílias já começam a pesquisar e a realizar as compras para as ceias e comemorações em família em torno da data. Este fato tem feito com que muitos supermercados da capital invistam na variedade de itens sazonais - que são mais procurados e consumidos durante as festas de final de ano - diversificando seu mix de produtos.

Em relação aos preços, a pesquisa que avalia a diferença de preços de uma estabelecimento para o outro tem uma lista de 50 produtos pesquisados e mostrou a diferença de R$ 27,96. O supermercado que teve um melhor desempenho de preços nesta semana foi o Extra, por oferecer preços mais atrativos para a maioria dos itens da lista com total de R$ 313,66.

O segundo colocado com preços mais atrativos foi o Hiper Bompreço (R$ 314,02). O Pão de Açúcar ocupou a terceira posição com total de R$ 328,61, já o supermercado que mostrou pior desempenho em termo de economia foi o Comercial Carvalho com um total de R$ 341,62 tendo os preços mais caros destacados em vermelho.

ATACADOS - Com uma política agressiva de preços, o Maxxi focou em vários dos itens da tabela adotada na pesquisa Meio Norte e, depois de ficar um último lugar por algumas oportunidades, conseguiu retornar ao topo, com uma soma de R$ 75,26. Em seguida aparece o Carvalho Mercadão, com R$ 81,09. O terceiro lugar foi alcançado pelo Atacadão Carrefour (R$ 82,62) e o Makro ficou na quarta posição, com R$ 84,61. Ou seja, a diferença do mais caro para o mais barato subiu exatamente R$ 7 em relação à semana passada, ficando em R$ 9,35.

Com o natal e o réveillon aproximando-se, cada dia é decisivo para os atacadistas. Enquanto uns reorganizam totalmente suas prateleiras, outros modificam a lógica de funcionamento para privilegiar determinados produtos que saem mais nesta época do ano. Com isso, os clientes ficam um pouco perdidos, mas a adaptação, no geral, é rápida.

Vale ressaltar novamente que a metodologia da pesquisa anota os produtos mais baratos nos itens sem marca definida na tabela . Ou seja, quem tem mais variedade de produtos acaba levando vantagem. Esse critério foi introduzido com o objetivo de contemplar os consumidores que sempre optam pelos itens mais em conta.













Fonte: Marcilany Rodrigues e Dowglas Lima