Fim do horário de verão normaliza sistema bancário em todo o Estado do Piauí

Fim do horário de verão normaliza sistema bancário em todo o Estado do Piauí

O horário de verão atinge apenas as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e ainda o estado do Tocantins

À meia-noite deste sábado, dia 16 de fevereiro, tem fim mais um horário brasileiro de verão e, embora o Piauí esteja incluído entre os estados que não participam da ação que adianta os relógios em uma hora, os piauienses comemoram o seu fim.

?Eu acho muito ruim, mas agora pelo menos nós não temos que participar porque antes era uma verdadeira tortura ter que acordar tão cedo e não ter os mesmos benefícios, porque aqui os dias e as noites têm praticamente a mesma duração. Hoje só é ruim por conta da programação das televisões e o horário dos bancos?, afirma a estudante Ana Beatriz Costa, 23 anos.

Exatamente à meia-noite do sábado, os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e ainda o estado do Tocantins devem atrasar seus relógios em uma hora. O horário de verão é adotado no Brasil desde o início da década de 30 e em 1985 passou a acontecer todos os anos, sem interrupções. Em 2008, foi definido que a mudança de horário passaria a começar no terceiro domingo de outubro e acabar no terceiro domingo de fevereiro, conforme ocorre atualmente. Em 2012, o horário de verão estava em vigor desde 21 de outubro.

Na segunda-feira, dia 18 de fevereiro, todos os bancos no estado do Piauí voltam a funcionar no horário normal, a partir de 10h até 16h. As lotéricas também voltam a funcionar para saques e consultas de saldo normalmente e o pagamento de contas nos correspondentes bancários e saques nos caixas eletrônicos também ganharão mais uma hora, fato que beneficia os consumidores.

De acordo com as expectativas do Governo Federal, a economia de energia elétrica durante o horário de verão deve chegar a 0,5%, um total de 88.000 MWh segundo dados divulgados pela Companhia Energética de MInas Gerais (Cemig).

Fonte: Marcilany Rodrigues