Fim do IPI reduzido impulsiona alta do varejo

Vendas de veículos cresceram 31,4% frente a março do ano passado.

As vendas do varejo brasileiro encerraram março 13,5% maiores do que no mesmo mês do ano anterior, na maior taxa de crescimento desde setembro de 2008. O movimento, segundo a Serasa, foi impulsionado pela volta da cobrança do Imposto sobre Produtos Industriais (IPI), no início de abril. As vendas de veículos, motos e peças, que cresceram 8,3% na comparação com fevereiro, foram destaque de crescimento no mês passado. Frente a março do ano passado, esse setor registrou alta de 31,4% nas vendas. As lojas de materiais de construção tiveram a quinta alta mensal consecutiva, de 4,1%. Em todos os setores pesquisados pela Serasa, houve alta superior a 2%, “confirmando a boa performance da atividade varejista nacional, embasada tanto pelo crescimento da massa salarial real (nível de emprego mais rendimento real) quanto pela oferta de crédito, em prazos cada vez mais dilatados”, diz a entidade em nota.

Fonte: g1, www.g1.com.br