Financiamento de casa própria cresce 126%

Financiamento de casa própria cresce 126%

Caixa, que tem 70% do mercado, quer emprestar R$ 60 bilhões em 2010

A Caixa Econômica Federal informou nesta quarta-feira (28) que bateu um novo recorde na concessão de financiamento habitacional. De janeiro a 23 de abril, o banco emprestou o montante de R$ 19,6 bilhões, uma alta de 126% em relação ao mesmo período de 2009, quando foram liberados R$ 8,7 bilhões. Ao todo, de acordo com a Caixa, 323.268 famílias obtiveram empréstimo para a compra da casa própria, quantidade 71% superior ao mesmo período do ano passado, quando 134.636 unidades foram financiadas.

"Este ano, em menos de quatro meses, já superamos a contratação de todo o ano de 2007, que era também recorde de contratação até então. Com o feirão (...) vamos bater novo recorde de crédito imobiliário", afirmou o vice-presidente de Governo da Caixa, Jorge Hereda, durante a apresentação dos dados em São Paulo. O banco, que detém 73% do mercado de financiamento habitacional, informou que a previsão para 2010 é emprestar até R$ 60 bilhões ante os R$ 47 bilhões registrados no ano passado.

Segundo Hereda, a Caixa tem conseguido manter o percentual de participação de mercado mesmo com o crescimento dos bancos privados. "Todo o mercado cresceu, inclusive os bancos privados. É uma coisa muito boa o que esta acontecendo." Minha Casa, Minha Vida De acordo com a Caixa, a concessão de empréstimos dentro do programa "Minha Casa, Minha Vida" atingiu 417.814 contratos até 26 de abril.

Ao todo, o banco recebeu 836.415 propostas de empreendimentos habitacionais no programa, sendo que 486.821 foram voltados ao público de baixa renda - de zero a três salários mínimos. Feirão da Casa Própria em São Paulo no ano passadoFeirão da Casa Própria em São Paulo no ano passado.

A Caixa anunciou que vai oferecer 450 mil imóveis novos, usados ou na planta durante o Feirão deste ano. A sexta edição do evento acontece entre 7 de maio e 11 de junho, sendo que as datas são diferentes em cada cidade. O objetivo é movimentar R$ 3,5 bilhões durante o evento. De acordo com a Caixa, dentro do programa Minha Casa, Minha Vida serão oferecidos 200 mil imóveis, 44% do total de unidades disponíveis no evento.

Esses imóveis serão voltados para famílias com renda superior a três salários mínimos. Em São Paulo, onde o Feirão acontece de 13 a 16 de maio, no Centro de Exposições Imigrantes, serão ofertados 151.845 imóveis - 39% mais do que em 2009 quando haviam 109 mil unidades. No ano passado, o valor negociado na capital paulista foi de R$ 1,5 bilhão em 21,5 mil unidades financiadas. O objetivo, disse o banco, é superar os resultados de 2009 nesta edição. A primeira cidade a receber o evento será Belém, entre 7 e 9 de maio.

Fonte: g1, www.g1.com.br