Financiar os veículos ficará mais caro com elevação na taxa de juro da Selic

Juros anuais serão de 22,56%; uma variação de 1,30%

Com a elevação da taxa básica juros da economia (Selic) para 10,75% anunciada nesta quarta-feira pelo Banco Central, os juros cobrados no Crédito Direto ao Consumidor (CDC), amplamente usado para contratos de financiamento de veículos, irão aumentar de 1,69% ao mês para 1,71%. Na soma anual, a taxa deixará os atuais 22,28% para 22,56%, uma variação de 1,30%.

Segundo o cálculo do vice-presidente da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, o aumento de 0,25 ponto percentual refletirá pouco nas operações de crédito.

Nos caso dos empréstimos pessoais feitos nos bancos, as novas taxas mensais serão de 3,28%, pouca variação dos juros anteriores de 3,26%.

Na prática, com a nova Selic, o uso do cheque especial por 20 dias que custaria R$ 1 mil teria um juros mensal de 8,05% (R$ 53,67), antes essa cifra seria de 8,03% (R$ 53,53), de acordo com a simulação da Anefac.

Fonte: Terra