Fluxo cambial fica negativo em US$ 813 mi em maio, diz Banco Central

Na semana passada, no entanto, o fluxo ficou superavitário em US$ 663 milhões

O fluxo cambial, entrada e saída de moeda estrangeira do País, fechou maio com saldo negativo de US$ 813 milhões, após dois meses seguidos positivos, com o fraco desempenho da conta financeira. Na semana passada, no entanto, o fluxo ficou superavitário em US$ 663 milhões, informou o Banco Central nesta quarta-feira.

O desempenho negativo do mês veio com a conta financeira - por onde passam os investimentos estrangeiros direito, em portfólio, entre outros -, com déficit de US$ 2,735 bilhões, pior desempenho no ano. Só na última semana, o saldo negativo foi de US$ 1,765 bilhão.

Ainda segundo o BC, a conta comercial fechou maio com saldo positivo de US$ 1,922 bilhão, graças à entrada líquida de US$ 2,429 bilhões entre os dias 26 e 30 passados. Em maio, o dólar fechou com leve valorização de 0,48% sobre o real, interrompendo três meses seguidas de quedas.

No acumulado do ano, informou ainda o BC, o fluxo cambial está positivo em US$ 4,028 bilhões, bem abaixo do desempenho do mesmo período do ano passado, quando o superávit era de US$ 12,171 bilhões.

O BC informou também que os bancos tinham posição cambial vendida de US$ 14,342 bilhões em maio, superior aos US$ 13,578 bilhões em abril.

Fonte: Terra