Fluxo de dólares para o Brasil fica positivo

O BC também registrou o retorno para as reservas de empréstimos em dólares que venceram nesse período

O fluxo de dólares entre o Brasil e o exterior está positivo em US$ 2,826 bilhões em agosto, segundo dados do Banco Central atualizados até a última sexta-feira (28). Isso significa que, nesse período, houve mais dólares entrando do que saindo do país. Esse movimento é um dos fatores que vem empurrando a cotação da moeda norte-americana para baixo nos últimos meses.

O número apurado pelo BC é a diferença entre as operações nas áreas comercial e financeira. Na área comercial, o fluxo está positivo em US$ 923 milhões. O BC considera também nessa conta os dólares que entram por meio de operações financeiras, como aplicações, investimentos, gastos e remessas.

Nesse caso, o fluxo está positivo em US$ 1,904 bilhão. No acumulado do ano, o fluxo cambial está positivo em US$ 6,762 bilhões. No mesmo período do ano passado, estava positivo em US$ 13,3 bilhões. Em 2009, saíram do país US$ 4,156 bilhões na área financeira. Esse resultado negativo foi compensado pela entrada de US$ 10,918 bilhões no comércio exterior.

Intervenções

O Banco Central também informou hoje já ter comprado US$ 2,411 bilhões em agosto no mercado de dólar à vista. Essas compras são aquelas que afetam o nível das reservas internacionais, que estão próximas do nível recorde de US$ 220 bilhões. No acumulado do ano, as intervenções já somam US$ 10,6 bilhões.

O BC também registrou o retorno para as reservas de empréstimos em dólares que venceram nesse período. Foram US$ 100 melhores de operações de recompra, que voltaram no dia 3.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br