Gol suspende serviço de bordo gratuito em 180 voos

Com o serviço de bordo pago, o cliente tem de pagar por sanduíches, snacks ou bebidas quentes, cervejas, refrigerantes e sucos

A companhia aérea Gol anunciou a suspensão do serviço de bordo gratuito nos voos que oferecem a opção de serviço de bordo pago. Dos 900 voos operados diariamente pela empresa, cerca de 180 possuem o serviço pago. Nos demais voos, permanece o serviço gratuito, de acordo com a companhia. A suspensão começou a valer em 16 de março.

O projeto da empresa, de acordo com nota divulgada nesta quinta-feira (12), prevê que até o final deste semestre, o serviço de bordo pago seja implantado na maior parte das rotas com duração acima de 1h15 de voo.

Com o serviço de bordo pago, o cliente tem de pagar por sanduíches, snacks ou bebidas quentes, cervejas, refrigerantes e sucos, entre outros. A água será dada ao cliente, segundo a Gol, caso ele peça.

Segundo a Gol, os pagamentos são realizados a bordo, durante o voo, e por enquanto só podem ser feitos em dinheiro na moeda nacional. "A companhia esta trabalhando para oferecer, em breve, a possibilidade de pagamento com cartões de crédito.?

No início de abril, a companhia aérea informou a demissão de 131 funcionários da empresa. Outros 28 tripulantes aderiram ao programa de demissão voluntária oferecido pela empresa e 46 pediram licença não remunerada. Com isso, os desligamentos chegam a 205 trabalhadores.

Em nota, a empresa informou que "a medida garante um quadro de tripulantes condizente com as necessidades operacionais". Segundo a empresa os desligamentos ocorreram "para adequar-se à nova realidade do mercado, manter seu plano de negócios disciplinado e a sustentabilidade de sua operação ? com segurança e regularidade ? (a empresa) reduziu em torno de 80 voos de um total de cerca de 900 operados diariamente."

Fonte: G1