Gol tem prejuízo líquido de R$ 75,3 milhões no primeiro trimestre de 2013

Prejuízo foi 81,8% maior que o apurado em igual período de 2012

A companhia aérea Gol registrou prejuízo líquido de R$ 75,3 milhões no primeiro trimestre deste ano, em meio a perdas financeiras maiores, informou a empresa na noite de segunda-feira (13).

O prejuízo foi 81,8% superior ao resultado também negativo de R$ 41,4 milhões nos três primeiros meses do ano passado. O resultado financeiro ficou negativo em R$ 106,9 milhões, salto de 360,7% em relação a prejuízo financeiro de R$ 23,2 milhões em igual período do ano anterior.

Já o lucro líquido antes dos juros, impostos, depreciação, amortização e leasing de aeronaves (Ebitdar, na sigla em inglês) ficou em R$ 366,5 milhões no trimestre, alta de 36,85 na comparação com igual período do ano anterior. A margem Ebitdar subiu para 17,6%, ante 12,4% há um ano.

A receita líquida caiu 3,8% na relação anual, para R$ 2,1 bilhões no primeiro trimestre de 2013.

No primeiro trimestre, a demanda doméstica apresentou queda de 15,5% devido à redução da oferta em consequência do fim da operação das aeronaves da Webjet no fim de 2012.

No mesmo período, a demanda internacional teve aumento de 21,1% devido à criação de novas rotas internacionais, como Santo Domingo, Miami e Orlando.

A taxa de ocupação total atingiu 67,3% no primeiro trimestre, praticamente estável em relação a igual trimestre do ano passado, quando atingiu 67,9%.

Em abril, a Smiles, administradora de programas de fidelidade da Gol, movimentou R$ 1,132 bilhão em sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), com a venda de 52,173 milhões papéis.

Fonte: G1