Governo Federal quer ampliar lista de bens do Minha Casa Melhor, diz Jornal

O governo estuda incluir móveis de cozinha, micro-ondas, tablets e smartphones na lista de produtos que podem ser comprados com juro de 5% ao ano

A presidente Dilma Rousseff deve tomar nesta semana uma decisão sobre os pedidos de modificação no programa Minha Casa Melhor, acrescentando novos produtos ao programa de crédito subsidiado aos mutuários do Minha Casa Minha Vida para compra de móveis e eletrodomésticos, de acordo com informações do jornal Valor Econômico publicadas nesta terça-feira.

O governo estuda incluir móveis de cozinha, micro-ondas, tablets e smartphones na lista de produtos que podem ser comprados com juro de 5% ao ano e prazo de até 48 meses para pagamento. Atualmente a lista incluiu guarda-roupa, cama de casal (com ou sem colchão), cama de solteiro (com ou sem colchão), mesa com cadeiras, sofá, refrigerador, fogão, lavadora de roupas automática, TV digital e note- book com acesso à internet.

Fonte: Terra