Governo incentiva rede de comércio familiar

O objetivo da Refap é organizar os mercadinhos de bairro por meio de associações e prepará-los para enfrentar a concorrência

A Rede de Fortalecimento do Comércio Familiar de Produtos Básicos (Refap), coordenada pela Conab, lançou semana passada a marca da primeira central de varejistas do Piauí. A Super 10 é formada por 23 pequenos comerciantes e terá atuação na região metropolitana de Teresina.

O objetivo da Refap é organizar os mercadinhos de bairro por meio de associações e prepará-los para enfrentar a concorrência com os grandes varejos. Um dos benefícios deste modelo é a compra de produtos em melhores condições, de fornecedores nacionais e regionais, dando mais vantagens aos clientes consumidores. Um dos produtos vendidos pela Super 10 é o leite adquirido de agricultores familiares por meio dos programas da Conab.

A Companhia também ajuda os pequenos mercados na organização, logística e comercial, e presta informações sobre a criação formal da rede, obtenção do CNJP e Inscrição Estadual. De acordo com o técnico José Ribamar Flor da Silva, a nova central piauiense deve concluir esse processo até o final do ano, quando será lançada oficialmente. ?Entretanto, os comerciantes já podem começar a operar?, diz ele. No momento, todas as 23 lojas estão sendo reformadas com base no novo padrão de layout, que envolve a pintura e a aplicação da marca da central.

Tarifa Social - Para facilitar a compra dos produtos de fornecedores, os varejistas do Piauí já contam com o benefício da Tarifa Social: um acordo firmado pela Conab em que eles têm 30 dias para armazenar os seus produtos em armazéns da Companhia. A grande vantagem é a redução no custo de transporte, podendo o comprador concentrar as mercadorias adquiridas em uma unidade próxima ao seu negócio. Atualmente, existem três armazéns em Teresina que oferecem este serviço.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br