Governo prorroga o IPI para materiais de construção

Redução no IPI para setor passa a valer até 31 de dezembro de 2011.

O governo prorrogou até 31 de dezembro de 2011 a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre veículos de transporte, bens de capital (máquinas e equipamentos) e material de construção, além de reduzir para 5% as alíquotas dos painéis montados para revestimento de pavimentos (pisos). O decreto da prorrogação foi publicado nesta quinta-feira (16) no Diário Oficial da União.

Na semana passada, em São Paulo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, antecipou, em encontro com empresários, a prorrogação da redução do IPI para material de construção e se comprometeu a renovar também o sistema vigente para a cobrança do PIS e da Cofins para o setor.

- O governo vai continuar promovendo política de estímulo ao setor da construção.

Adotada em abril do ano passado em meio à série de medidas fiscais do governo para estimular a economia abalada pela crise de setembro de 2008, a isenção deveria valer somente por seis meses, mas acabou sendo estendida até junho e, depois, até 31 de dezembro deste ano.

Em abril passado, empresários da indústria de materiais apresentaram um estudo mostrando que as desonerações poderiam responder por um crescimento extra no PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas no país) de 1,3% se mantidas por dois anos.

Fonte: R7, www.r7.com