Grupo de compras coletivas pede desculpas no Japão

CEO do Groupon, Andrew Mason se desculpou aos consumidores

O diretor executivo do Groupon, site de compra coletiva em expansão global, pediu nesta segunda-feira desculpas aos consumidores japoneses devido a uma venda com problemas feita no feriado de Ano Novo, que ilustra a dificuldade da empresa em lidar com seu crescimento.

Por meio de um vídeo divulgado na internet, o fundador da companhia Andrew Mason afirmou que a companhia realmente errou e está tentando reconstruir sua imagem no Japão. "Criamos o Groupon para enriquecer a vida das pessoas, trazendo novas experiências para elas. Então, quando fazemos o contrário como neste caso, nos deixa infeliz".

O negócio que deu problemas no Japão foi a venda de um pacote com o delivery de um osechi, tradicional refeição nipônica de Ano Novo. Alguns consumidores chegaram a pagar 10,5 mil ienes (R$ 215) pelo prato, e 500 pedidos atrasaram, enquanto muitos outros chegaram com aparência e sabor diferentes que o prometido, pois o restaurante responsável ficou sobrecarregado.



Após protestos e críticas na internet, o Groupon ressarciu os consumidores com o valor pago na refeição, e deu tíquetes de 5 mil ienes para cada cliente lesado. "A popularidade do Groupon no Japão cresceu tão rápido que nos pegou desguarnecidos", afirmou o diretor executivo. "Não estávamos esperando estes problemas".

Fonte: Terra, www.terra.com.br