Imóvel mais caro do Feirão da Caixa custa quase R$ 3 milhões

Imóvel de quatro quartos inclui terraço com churrasqueira e piscina.

Neste ano, quem visitar o Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal vai encontrar imóveis para todos os tipos de bolso. Entre as 200 mil opções de moradias oferecidas pela feira, a mais cara custa quase R$ 3 milhões.

Esse é o valor de uma cobertura de 354 m², com quatro quartos, hall social privativo e depósito no subsolo. De acordo com a construtora Tecnisa, que vende o imóvel, no piso inferior existem quatro dormitórios, sendo duas suítes - a master com closet -, salas de estar e de jantar, terraço com churrasqueira, lavabo, cozinha, sala de almoço, área de serviço, depósito e banheiro de serviço/despensa.

Já no piso superior, há um terraço descoberto com churrasqueira, piscina e deck. O imóvel, que já está pronto para ser habitado, pode ser financiado pela Caixa, sai por R$ 2,94 milhões e fica no Alto de Pinheiros, bairro da zona Oeste de São Paulo.


Imóvel mais caro do Feirão da Caixa em SP custa quase R$ 3 milhões

Apesar de ser o mais caro, a construtora levou para o feirão imóveis com preços menores. O mais barato da Tecnisa, por exemplo, fica em Carapicuíba, no Jardim Jandaia. O imóvel tem 43 m² e custa R$ 126.300. De acordo com a Caixa, o feirão oferece opções com preços ainda menores, a partir de R$ 89 mil.

Nesta edição, a Caixa oferece 24.500 imóveis novos, prontos e na planta ? 15.200 são enquadrados no programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal (com valor máximo de venda de R$ 170 mil).

O restante é usado e oferecido por meio de imobiliárias e corretoras, que participam do feirão. Ao todos, são 95 construtoras, 137 imobiliárias e mais de 100 corretoras. Segundo o superintendente regional da Caixa, Paulo José Galli, 40% dos imóveis estão concentrados na faixa de R$ 200 mil a R$ 500 mil.


Imóvel mais caro do Feirão da Caixa em SP custa quase R$ 3 milhões

Em São Paulo, a perspectiva é que sejam fechados 15 mil contratos e concedidos, no mínimo, R$ 2 bilhões ? mesma quantia registrada em 2011. São esperados 60 mil visitantes.

As linhas de financiamento imobiliário atendem a todas as faixas de renda familiar, com prazo de pagamento de até 30 anos, conforme informou a Caixa. Os juros podem variar, dentro do SFH, de 4,6% ao ano até 9% ao ano, para todas as modalidades de financiamento.

Fonte: G1