Inadimplência com cheques é a menor nos últismo treze meses, aponta pesquisa Serasa

É o menor percentual desde setembro de 2008

A inadimplência com cheques no Brasil foi de 1,92% em outubro, segundo dados da Serasa Experian divulgados nesta quarta-feira. É o menor percentual desde setembro de 2008. São considerados cheques sem fundos os que são devolvidos pela segunda vez.

Na comparação com o mês anterior, o levantamento apontou queda de 1% no número de devoluções de cheques - a terceira consecutiva desde agosto. Ante outubro do ano passado o indicador apresentou variação negativa pela primeira vez no ano, de 4,5%.

Segundo analistas da Serasa Experian, "o retorno do crescimento econômico, com juros mais baixos, geração de empregos formais (com carteira assinada) e recuperação da renda têm proporcionado melhores condições para a queda da inadimplência com cheques".

No acumulado de janeiro a outubro, a variação foi positiva em 2,19%. O número de devoluções subiu 11,7% na comparação com o mesmo período de 2008. "Sinal de que a inadimplência elevada, verificada no primeiro semestre, ainda afeta o resultado acumulado no ano", afirmou a empresa.

A projeção dos analistas para os últimos dois meses do ano é de que a inadimplência com cheques continue em queda, "por conta do 13º salário".

Fonte: invertia