Inadimplência das empresas tem alta pelo 3° mês seguido no mês de maio

Elevação foi de 5,3% sobre abril; ante mesmo mês de 2013 foi de 10,5%

A inadimplência das empresas subiu 5,3% em maio sobre abril, o terceiro crescimento mensal consecutivo, aponta nesta sexta-feira (27) indicador da Serasa Experian.

Na variação anual (ou seja, maio de 2014 contra o mesmo mês de 2013), o indicador cresceu 10,5%.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, o índice também subiu 7%.

As dívidas não bancárias (junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.) e a inadimplência com os bancos cresceram 1,7% e 2,8%, respectvamente.

Os títulos protestados e os cheques sem fundos apresentaram aumento de 12,5% e 6,1%, respectivamente.

"A inadimplência das empresas tem aumentado ao longo deste ano de 2014 devido ao impacto adversos advindos do enfraquecimento do ritmo da atividade econômica, diminuindo a geração de caixa das empresas, da elevação dos salários acima da produtividade na maioria dos setores econômicos, e da sequencia de elevações das taxas de juros como forma de controle inflacionário, aumentando o custo do capital de giro", diz a Serasa, em nota.

Fonte: G1