Inadimplência nas empresas tem grande crescimento

Inadimplência nas empresas tem grande crescimento

Alta foi de 18,8% na passagem de 2008 para 2009

A inadimplência das empresas fechou o ano passado com crescimento de 18,8% na comparação com o ano anterior, segundo a Serasa. Foi a maior alta registrada desde 2001, quando ficou em 29,2%.

?A forte volatilidade dos mercados, provocada pela crise financeira internacional, atingiu, sensivelmente, as finanças das empresas brasileiras em 2009?, diz a Serasa em nota. ?A aversão ao risco, diante de um cenário de incertezas, determinou uma liquidez reduzida aos negócios, em razão da menor oferta de crédito e da falta de opção de financiamento no mercado?.

Os títulos protestados representaram 41,5% da inadimplência. Em seguida estão os cheques sem fundos, que em 2009 representaram 38,6% da inadimplência das pessoas jurídicas. Fecham o ranking as dívidas com bancos, com 19,9% de representação em 2009.

De 2008 para 2009, também subiu o valor médio das dívidas com os bancos, para R$ 4.569,30, uma alta de 3,9%. O valor médio dos cheques sem fundo cresceram 9,4%, para R$ 1.736,13. Já os títulos protestados tiveram, em 2009, um valor médio de R$ 1.679,83, alta de 26,2% em comparação com 2008.

Fonte: g1, www.g1.com.br