Inflação oficial cai em novembro e fica dentro da meta do governo

Inflação oficial cai em novembro e fica dentro da meta do governo

No acumulado de 2013, a variação foi para 4,95% e nos últimos 12 meses, o índice ficou em 5,77%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, teve variação de 0,54% em novembro, e ficou 0,03 ponto percentual abaixo da taxa registrada em outubro (0,57%), de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta sexta-feira. No acumulado de 2013, a variação foi para 4,95% e nos últimos 12 meses, o índice ficou em 5,77%, abaixo dos 5,84% relativos aos 12 meses anteriores e dentro da teto da meta oficial de 6,5%.

Segundo o IBGE, o índice também foi inferior ao registrado no mesmo mês de 2012, quando ficou em 0,60%. Os alimentos foram os responsáveis pela queda, com 0,56% de variação, ante 1,03% em outubro, com destaque para a queda nos preços do arroz (-1,04%) e feijão (-7,96%). Com isso, o grupo respondeu por 0,14 ponto percentual do IPCA de novembro, o maior impacto entre todos os grupos, mas menor do que o 0,25 ponto que gerou em outubro.

Também se destacaram os preços de artigos de residência, com desaceleração da alta para 0,38% no mês passado, ante 0,81% em outubro, e vestuário, com avanço de 0,85% ante 1,13%.

Com os resultados, a inflação continua no caminho para encerrar o ano dentro da meta do governo, porém ainda perto do teto, após um ciclo de aperto monetário ainda em curso que já levou a Selic para os atuais 10%. A meta do governo é de 4,5% pelo IPCA, com margem de tolerância de dois pontos percentuais para mais ou menos. O nível alto de inflação ainda dificulta os esforços do governo para fomentar o crescimento da economia, que encolheu 0,5% no terceiro trimestre ante os três meses anteriores.

Com informações da Reuters

Fonte: Terra