Inflação semanal sobe em seis das sete capitais pesquisadas pela FGV

A alta mais forte foi observada em Recife (de 0,30% para 0,74%). Em seguida vêm o Rio de Janeiro (de 0,76% para 1,14%) e Porto Alegre (de 1,03% para 1

Rio de Janeiro - A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na primeira prévia de março. De acordo com dados divulgados nesta terça (9) pela instituição, apenas em Salvador os preços registraram elevação menos intensa. Na capital baiana, o IPC-S passou de 0,46% para 0,42%.

Segundo a FGV, a alta mais forte foi observada em Recife (de 0,30% para 0,74%). Em seguida vêm o Rio de Janeiro (de 0,76% para 1,14%) e Porto Alegre (de 1,03% para 1,37%). Também houve elevação em São Paulo (de 0,71% para 0,81%), capital com maior peso na formação do índice global, Belo Horizonte (de 0,61% para 0,85%) e Brasília (de 0,35% para 0,40%).

O IPC-S de 7 de março ficou em 0,88%. O resultado, 0,20 ponto percentual superior à taxa divulgada na última apuração (0,68%), foi pressionado principalmente pelos alimentos, que tiveram alta de 1,95% no período, depois de terem subido 1,16%. De acordo com o levantamento, o destaque ficou por conta de hortaliças e legumes (de 4,55% para 8,19%), que responderam por mais de 50% da variação dessa classe de despesa.

Fonte: Agência Brasil