IOF faz recuar o fluxo de dólares no Brasil

Neste mês, até o dia 23, US$ 12,84 bilhões ingressaram no país

O fluxo de dólares para a economia brasileira teve um pequeno recuo nos últimos dias da semana passada, mas, no acumulado de outubro, até a sexta-feira passada (23), somou US$ 12,84 bilhões - o que ainda é o maior valor desde junho de 2007. Na parcial até o dia 21 deste mês, o ingresso estava maior: US$ 13,66 bilhões.

IOF A saída de recursos, registrada no fim da semana passada, aconteceu após o anúncio de taxação de capitais estrangeiros com uma alíquota de 2% do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), medida que foi anunciada na segunda-feira (19), com vigência a partir da terça-feira (20). Os contratos de câmbio são liquidados em até dois dias úteis - de modo que o impacto no fluxo de dólares demora alguns dias para acontecer.

Na quinta e sexta-feiras (22 e 23), US$ 318 milhões e US$ 77 milhões deixaram o país, segundo informações do BC. Entrada de outubro Deste volume de US$ 12,84 bilhões de entrada de recursos no país na parcial de outubro, pelo menos US$ 8,56 bilhões foram destinados à bolsa de valores brasileira.

O ingresso de recursos na bolsa de valores se deve, principalmente, ao lançamento de ações do Santander, ocorrida no início deste mês. Segundo dados do BC, o ingresso parcial de dólares de outubro já é a maior entrada de recursos no país desde junho de 2007, quando houve o ingresso de US$ 16,56 bilhões na economia brasileira.

Operações comerciais e financeiras Segundo o Banco Central, US$ 820 milhões entraram no país, na parcial de outubro, por conta das operações comerciais (fechamento de contratos de exportação de US$ 9,76 bilhões e de US$ 8,94 bilhões para importações). Ao mesmo tempo, a chamada conta financeira, pela qual transitam os investimentos diretos, as aplicações em bolsa de valores e renda fixa, além das remessas de lucros ao exterior, entre outros, teve saldo positivo (entrada) de US$ 12 bilhões em outubro (até o dia 23) – o maior valor deste ano. Juntas, as operações da balança comercial e da conta financeira englobam todas as entradas e saídas de dólares da economia brasileira.

Fonte: g1, www.g1.com.br