Japão registra primeiro déficit comercial em dois anos

As importações cresceram 12,4% em relação a janeiro de 2010, a 5,4428 trilhões de ienes, puxadas por uma alta de 15,5% nas compras

O Japão registrou em janeiro seu primeiro déficit comercial em quase dois anos, de 471,4 bilhões de ienes (4,17 bilhões de euros), provocado pelas importações de petróleo e pelo estancamento das exportações, informou nesta quarta-feira o ministério das Finanças.

O início do ano, marcado por vários feriados, constitui um período pouco propício para as exportações, mas o anúncio pegou de surpresa os analistas, que esperavam um leve saldo, de 50 bilhões de ienes, segundo o jornal econômico Nikkei.

As importações cresceram 12,4% em relação a janeiro de 2010, a 5,4428 trilhões de ienes, puxadas por uma alta de 15,5% nas compras de fontes energéticas (petróleo, gás e carvão), especialmente procedentes do Oriente Médio. A terceira economia mundial também importou mais máquinas, equipamentos audiovisuais e telefones procedentes da China, seu principal parceiro comercial.

As exportações cresceram apenas 1,4%, a 4,9714 trilhões de ienes, muito abaixo da média de 2010, quando as vendas ao estrangeiro ajudaram o Japão a sair da recessão de 2008-2009.

Fonte: R7, www.r7.com