Juro médio do empréstimo pessoal é o menor desde 2004

Taxa média cobrada pelos bancos ficou em 5,17% no mês

 A taxa média de juros cobrada pelos bancos no empréstimo pessoal recuou em novembro para 5,17% ao mês - a menor desde setembro de 2004, quando ficaram em 5,14%, segundo levantamento da Fundação Procon de São Paulo.

Em outubro, a taxa média era de 5,21%. Foram pesquisadas dez instituições: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander e Unibanco. No cheque especial, a taxa média se mantém a mesma desde agosto, em 8,79%.

De acordo com o Procon, a única alteração na taxa de empréstimo pessoal foi promovida pelo Banco Real, que reduziu sua taxa de 6,00% para 5,63%. As menores taxas, no entanto, são praticadas pela Caixa Econômica Federal, de 4,39%, seguida pela Nossa Caixa e pelo Banco do Brasil, ambos a 4,48%.

Fonte: g1, www.g1.com.br