Juro médio para cheque especial ficou menor em 2010

Taxa média recuou de 8,93% ao mês em 2009 para 8,88%.

A taxa média de juros do cheque especial cobrada pelos bancos ficou maior em 2010, segundo pesquisa da Fundação Procon de São Paulo. Este ano, a taxa média cobrada foi de 8,88% ao mês, um decréscimo de 0,05 ponto percentual em relação à taxa do ano anterior, de 8,93%.

No empréstimo pessoal, também houve queda na taxa média cobrada em 2010, para 5,26% ao mês, 0,23 ponto percentual menor em relação ao ano anterior. O ano iniciou com uma taxa média, entre os bancos pesquisados, de 5,17% , e finalizou com uma taxa de 5,27% ao mês, alta de 1,93%.

O levantamento "mostra estabilidade nas duas modalidades pesquisadas, especialmente nos primeiros quatro meses do ano, até agosto os movimentos foram parecidos, com altas pouco expressivas, acentuando-se um pouco no mês de julho. Apesar da relativa estabilidade, a partir de setembro o empréstimo pessoal apresentou maior tendência de queda, se comparado ao cheque especial. O comportamento das taxas de juros acompanhou o movimento da taxa básica da economia ? SELIC", diz o Procon em nota.

Fonte: g1, www.g1.com.br