Juros ao consumidor têm leve queda em setembro, diz Procon

São pesquisadas linhas do empréstimo pessoal e do cheque especial. Recuo médio foi de 0,02 ponto percentual nas taxas de sete bancos

As taxas médias de juros do empréstimo pessoal e do cheque especial apresentaram leve queda em setembro, aponta pesquisa divulgada nesta segunda-feira (17) pela Fundação Procon-SP.

No estudo, feito nos dias 5 e 6 de setembro, o empréstimo pessoal registrou decréscimo de 0,02 ponto percentual na taxa média, passando de 5,39% ao mês para 5,37% ao mês.

No cheque especial a queda também foi de 0,02 ponto percentual, de 8,03% ao mês para 8,01% ao mês.

O levantamento é feito mensalmente no Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.

Dos sete bancos, três baixaram as taxas do empréstimo pessoal e quatro baixaram as taxas do cheque especial, diz o Procon-SP.

O diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes, avalia, em nota, que mesmo com a redução da taxa Selic de 8% para 7,5%, a queda nos juros ao consumidor foi muito pequena.

?Se realmente for necessária, a contratação de crédito deve ser planejada e as parcelas do empréstimo devem ser computadas no orçamento, de modo que não inviabilize o pagamento de outras despesas?, conclui.

Fonte: G1