Lojas de carros devem manter promoções após fim do desconto do IPI

Lojas de carros devem manter promoções após fim do desconto do IPI

Concessionárias devem iniciar abril com estoques de 200 mil veículos

Lojas abertas até as 22 horas ontem marcaram o último dia oficial de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os carros. Nos próximos dias, porém, várias revendas devem manter promoções. Antes do mês terminar, na terça-feira (30), as vendas em todo o país já atingiram volume recorde de 322,4 mil veículos novos. Com o resultado de ontem, o saldo deve ficar pouco abaixo de 350 mil unidades, volume que dificilmente será repetido nos próximos meses.

O recorde anterior de vendas, incluindo caminhões e ônibus, era de setembro de 2009, com 308,7 mil unidades. Das vendas até o dia 30 de março, 95% são de automóveis e comerciais leves. No acumulado do trimestre, a soma chega a 756,6 mil unidades, 108 mil a mais do que no mesmo período de 2009.

As concessionárias devem iniciar abril com estoques na casa dos 200 mil veículos, o que dará margem para a manutenção de descontos, mesmo que o IPI seja repassado aos preços de tabela. O aumento deve ficar entre 3% e 4%.

Apesar do fim do corte do IPI, ainda é um bom momento para fazer negócio por causa da queda da taxa de juros do financiamento. "A retirada do desconto do IPI diminuirá o impulso pela compra, mas o ambiente continua sendo favorável", destaca Cláudio Felisoni, presidente do Conselho do Programa de Administração de Varejo (Provar/FIA).

Levantamento da associação de empresas financeiras de montadoras (Anef) mostra que os juros caíram de 22,42% ao ano em fevereiro de 2009 para 18,16% ao ano em fevereiro deste ano.

Fonte: g1, www.g1.com.br