Lojas aquecem vendas com Copa do Mundo no centro de Teresina

Lojas aquecem vendas com Copa do Mundo no centro de Teresina

Com a Copa do Mundo cada vez mais perto de come?ar, os brasileiros, principalmente, j? est?o ansiosos para ver o que o mundial reserva. Mas al?m dos torcedores, gerentes de v?rios neg?cios em Teresina apostam nesse per?odo para um grande crescimento nas vendas. Al?m disso, a empolga??o com a Copa j? ? percebida nas vitrines enfeitadas de verde e amarelo e at? mesmo nos uniformes dos funcion?rios, que levam as cores da sele??o exclusivamente para esse per?odo.

Para os gerentes de lojas em Teresina, o momento ? de aproveitar a procura e tentar, ao m?ximo, conquistar cada vez mais clientes. No caso dos eletrodom?sticos a aposta, como em todas as Copas, s?o as televis?es, principalmente as de tela grande. ?? o que chamamos de linha marrom e por isso damos um maior foco para essa linha?, diz o gerente regional de uma loja de eletrodom?sticos, Gildenir Batista.

Ele acrescenta que as vendas neste per?odo aumentam cerca de 20% e que quando se fala em Copa do Mundo, h? um crescimento natural para esse setor. ?Independente de onde ser? sediada a Copa, as pessoas gostam de comprar televis?o. Mas ? claro que o Brasil sediando cria uma euforia maior entre os brasileiros?, conclui Gildenir. Outro que est? muito confiante com o maior evento esportivo ? o gerente de uma loja de confec?es e tecidos de Teresina, Genilton Lima.

No caso da loja onde ? gerente, as pe?as relacionadas ? Copa t?m uma sa?da de 65 a 70% nesse per?odo em compara??o com as mesmas pe?as em per?odos diferentes. Ele conta que artigos como camisas da nossa sele??o, bandeiras, cetins e outras roupas com as cores do Brasil est?o sendo bastante procuradas e que as vendas t?m se desenvolvido muito nesta parte. Inclusive, muitos clientes tamb?m procuram o verde e amarelo para roupas e tecidos utilizados nas festas juninas, que, segundo o gerente, est?o, de certa forma, esquecidas por conta da Copa.

?O per?odo junino est? meio esquecido na hora das compras e as pessoas que compram algo relacionado ?s festas juninas est?o deixando de comprar estampas de flor e as chitas para comprar tecidos e roupas com as cores do Brasil para usar na festas juninas. Ent?o, est? tudo voltado para a Copa e acho que quanto mais perto de come?ar, mais vai aumentar essa procura?, pontua. Em ag?ncias de viagem, tamb?m ? poss?vel encontrar gerentes satisfeitos com as consequ?ncias da Copa no Brasil.

Para Maur?cio Fonseca, por exemplo, este per?odo de Copa do Mundo tem atra?do muitas pessoas paras as cidades- sede com o intuito de assistir aos jogos e tamb?m conhecer o local. ?? como se as pessoas pudessem aproveitar uma s? passagem para realizar duas vontades diferentes?, diz.

Ele tamb?m acrescenta que em rela??o aos que n?o querem ficar no pa?s durante o evento, a procura tamb?m tem sido boa. ?Tem pessoas que preferem ir para fora do pa?s neste per?odo, ent?o elas aproveitam promo?es e conseguem se divertir longe do Mundial?. Na ag?ncia em que trabalha, Maur?cio afirma que em rela??o ? venda de pacotes de viagens para cidades-sede, o crescimento neste per?odo ? em torno de 20% em rela??o ao mesmo per?odo sem Copa. Quanto ?s vendas para o exterior, esse n?mero sobe para 30%, tamb?m em rela??o ao mesmo per?odo sem Copa.

Neg?cios podem crescer mais ap?s o primeiro jogo

Apesar do aquecimento de vendas em muitos estabelecimentos de Teresina, ainda existem alguns que quase n?o sofreram influ?ncia por conta do per?odo. ? o caso da loja de confec?es em que Oc?lia Barbosa ? gerente. Segundo ela, as expectativas eram maiores, mas por enquanto o movimento no seu estabelecimento n?o se intensificou.

?A gente tem muita mercadoria, mas muitos clientes ainda n?o est?o procurando levar. Elas t?m sa?da, mas n?o como a gente esperava?. Oc?lia acrescenta que um dos motivos para esse fato ? que existem muitos brasileiros insatisfeitos e desmotivados com a Copa. Mas ela ? otimista quando pensa nos primeiros jogos.

?Brasileiro sempre deixa tudo pra ?ltima hora. Acho que depois do primeiro jogo, dessa primeira emo??o, as vendas v?o melhorar. A gente tamb?m espera que o Brasil ganhe, para as vendas melhorarem ainda mais daqui pra final?, conclui.

Fonte: Carolina Durães e Lucrécio Arrais
Tópico