Lucro do Google cresce 19% no trimestre

Resultado por ação subiu de US$ 3,92 para US$ 4,66

 Superando as estimativas e mostrando resistência à crise, o Google divulgou na noite desta quinta-feira ( 16) que fechou o segundo trimestre do ano com lucro líquido de US$ 1,484 bilhão, o que representa um salto de 19% em relação ao ganho apurado no mesmo período de 2008, de US$ 1,247 bilhão.

O resultado por ação subiu de US$ 3,92 para US$ 4,66. Excluindo itens extraordinários, o lucro líquido por ação do Google foi de US$ 5,36, ante previsão de US$ 5,09 do mercado. A receita total do gigante da internet somou US$ 5,522 bilhões no trimestre, o que representa leve alta de 2,9% em relação ao faturamento do segundo trimestre do ano passado, de US$ 5,367 bilhões.

Vale notar que este número inclui quanto o Google gasta para adquirir tráfego de outros sites, conta que foi de US$ 1,45 bilhão entre abril e junho deste ano e de US$ 1,47 bilhão em igual período de 2008. Na opinião do CEO do Google, Eric Schmidt, a empresa "teve um trimestre muito bom, especialmente diante da situação macroeconômica negativa". "Enquanto a maioria das grandes economias do mundo mostra retração, a receita do Google cresceu 3% na comparação ano a ano", destacou o executivo em comunicado.

A análise do desempenho da receita e do lucro do Google mostra que a empresa conseguiu controlar bem seus custos no período, o que incluiu redução do quadro de funcionários. A margem operacional subiu de 29% para 34% na comparação anual. Entre os destaque em termos de performance operacional, os analistas atentaram para o crescimento de 15% nos cliques em links patrocinados na comparação anual. Quando o usuário clica nesses anúncios (tanto no site do Google, como nas páginas dos parceiros), o Google recebe por isso.

Fonte: g1, www.g1.com.br