Lula diz que é ""questão de honra"" manter todas as obras do PAC mesmo com a crise

Desde que o programa foi criado, apenas 9% das obras foram concluídas

O presidente Luiz In?cio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (3), durante o programa semanal "Caf? com o presidente", que ? uma "quest?o de honra" para o governo federal manter todas as obras previstas no Programa de Acelera??o do Crescimento (PAC) mesmo com a crise financeira internacional.

?? uma quest?o de honra do governo federal manter todas as obras do PAC e, dentro do PAC, manter suas prioridades, porque n?s acreditamos que uma das formas de voc? enfrentar a crise financeira ? voc? fortalecer as obras de infra-estrutura e fortalecer o mercado interno?, disse o presidente.

Lula comentou o balan?o do PAC apresentado na quinta-feira (30) pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Os n?meros indicam que, desde que o programa foi criado, em janeiro de 2007, apenas 9% das obras foram conclu?das, o que equivale a 193 a?es. Segundo o governo, o percentual ? adequado pois tratam-se de obras de prazo mais longo. O presidente se disse "satisfeito" com o andamento.

Sobre a recente viagem a El Salvador e Cuba, onde esteve na 23? C?pula Ibero-americana, Lula voltou a defender o controle do sistema financeiro pelo Estado.

"Todo mundo est? consciente de que ? preciso mudar o sistema financeiro internacional, de que ? preciso ter controle dos governantes para que a gente n?o veja nenhum pa?s do mundo repetir os erros graves que foram cometidos pela falta de controle do sistema financeiro, sobretudo a partir do governo norte-americano e do governo dos pa?ses europeus?, afirmou.

Para Lula, uma das formas de enfrentar a crise ? "fortalecer as obras de infra-estrutura e fortalecer o mercado interno?.

Fonte: g1, www.g1.com.br