Maior variação de preços foi de R$ 0,39 em Teresina, diz auditoria do Jornal MN;saiba

Maior variação de preços foi de R$ 0,39 em Teresina, diz auditoria do Jornal MN;saiba

Os preços dos produtos permaneceram praticamente os mesmos na auditoria realizada nos atacados

Na auditoria desta semana, os atacadistas mantiveram, quase que totalmente, os valores encontrados na pesquisa. O mais vantajoso para compras continua sendo o Atacadão, com soma de R$ 39,05. Este supermercado teve uma variação de preços no valor de 0,70% - apenas R$ 0,26 a mais que a soma dos mesmos itens na segunda-feira e terça-feira.

O Maxxi, que aparece como um dos mais baratos para o consumidor, também se manteve na segunda posição, com o valor total para os 16 itens da auditoria de R$ 40,31. Este atacadista teve um aumento de R$ 0,39 (0,98%).

Ocupando a terceira posição, o Carvalho Mercadão obteve um total de R$ 42,77 e uma variação de preços no valor de 0,16% - só R$ 0,07 a mais que no início da semana. O último colocado na checagem de preços do Jornal Meio Norte foi o Makro, com um total de R$ 42,93. Portanto foi o atacado mais caro desta pesquisa. Este estabelecimento também apresentou variação percentual de seus preços, com um índice de -0,44%, que representa R$ 0,18 a menos no valor dos produtos checados.

SUPERMERCADOS - Na checagem realizada quarta e quinta-feiras pelo Jornal Meio Norte, apenas um estabelecimento não obteve variação percentual, ou seja, no decorrer da semana, os preços dos produtos pesquisados na checagem mantiveram-se iguais aos do começo da semana. Trata-se do Carvalho, que fechou a cesta no valor de R$ 188,94. No entanto, ele ficou em terceiro lugar no ranking.

O Extra ficou em primeiro lugar com um total de R$ 182,51 e uma variação percentual no valor de 4,93%. Na segunda posição está o Pão de Açúcar, com uma soma de R$ 185,23. Mas além disso, este estabelecimento atingiu a maior variação percentual de seus preços, com um índice de -7,32%. A diferença entre este supermercado e o primeiro colocado ficou no pequeno valor de R$ 2,72.

Ocupando a quarta posição da checagem de preços, o Hiper Bom Preço fechou a semana com um total de R$ 193,00.

Portanto foi o supermercado mais caro, com um aumento de 1,54% em seus preços. A diferença entre este supermercado e o Extra (primeiro colocado) ficou no valor de R$ 10, 49.











Fonte: Aline Damasceno e Flávia Araújo