MDS investirá R$ 20 milhões no semiárido

Produtores rurais de baixa renda da região do Semiárido brasileiro poderão obter recursos

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) lançou um edital, no valor total de R$ 20 milhões, para os Estados selecionarem projetos dos produtores familiares aptos a receber os recursos.

Após a seleção de propostas, os moradores da zona rural no Semiárido poderão usar a água na produção de alimentos para o autoconsumo, aproveitando experiências e tecnologias de uso sustentável da terra na melhor exploração dos recursos hídricos, especialmente a água da chuva.

Cada projeto deve prever a implementação de tecnologias já testadas e comprovadamente de baixo custo e eficiência, de modo que permitam captar e aproveitar, de maneira racional, a pouca disponibilidade hídrica da região. Os recursos obtidos poderão ser gastos com materiais para implantação das tecnologias sociais de captação e armazenagem de água, equipamentos simples e indispensáveis para a irrigação doméstica, guarnição de canteiros para plantio, força de trabalho e/ou hora/máquina para o preparo da área de captação e armazenamento, principalmente de águas pluviais, em pequenas áreas com potencial de cultivo pelos agricultores familiares, destinadas à produção de alimentos prioritariamente para o autoconsumo.

Outra faixa de despesas, referente a custeio, pode destinar-se à aquisição de insumos agrícolas, capacitação e intercâmbio dos agricultores beneficiados. Os gastos relativos à assistência técnica deverão ser custeados pelo proponente.

O edital foi lançado no dia 1º de fevereiro. A data limite para protocolar o interesse junto ao MDS é 2 de março. Até 5 do mesmo mês os documentos deverão ser entregues. O resultado da seleção será 12 de março. Para celebração final do convênio, os documentos d

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br