Medicamentos terão os preços reajustados em média 4% a partir do mês de março

Medicamentos terão os preços reajustados em média 4% a partir do mês de março

Alta levará em conta inflação oficial acumulada e produtividade dos laboratórios

Os medicamentos com preços controlados pelo governo sofrerão reajuste de aproximadamente 4% no dia 31 de março. O aumento deverá ser menor que em 2009, quando o máximo foi de 5,9% para todos os remédios.

As regras para a elevação dos valores integram uma resolução do Cmed (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) publicada na quarta-feira (24) no Diário Oficial da União. A alta deste ano corresponde à “inflação oficial” acumulada medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) mais as despesas e a produtividade dos laboratórios. Valerá o valor do indicador de março de 2009 a fevereiro deste ano. O IPCA de fevereiro só será conhecido em março.

No ano passado, a inflação ficou em 4,31%. O reajuste de medicamentos é calculado com base em três classificações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que levam em consideração a participação dos remédios genéricos. A primeira classe possui concentração de medicamentos genéricos superior a 20%. O segundo grupo tem de 15% a 20% de genéricos. Por fim, a terceira classe tem menos de 15% de genéricos. Atualmente, há cerca de 2.800 remédios genéricos registrados na Anvisa.

Fonte: R7, www.r7.com